Valores de referência dos limites considerados ideais para colesterol são alterados por cardiologistas brasileiros

Agosto de 2017

 

A Sociedade Brasileira de Cardiologia alterou valores de referência dos limites considerados ideais para colesterol e triglicérides devido as altas taxas de colesterol na população.

Pacientes com risco cardíaco muito alto devem ter o índice abaixo de 50 miligramas por decilitro de sangue de colesterol ruim LDL. Antes, o ideal era de 70.

O grupo de pacientes de risco cardíaco muito alto aqueles que tiveram enfarte, derrame ou amputação da perna por doença na artéria.

O grupo de risco alto estão os diabéticos e para esses, o LDL deve estar abaixo de 70 miligramas por decilitro de sangue.
Pessoas que não têm fatores de risco podem ter o índice de até 130 mg/DL.

Os laboratórios também devem mudar os índices de referência nos exames.

A primeira diretriz que reduziu os níveis de colesterol LDL para 50 é a do Brasil.

 

As novas regras mudam ainda o colesterol total:

O valor considerado desejável era abaixo de 200 mg/dl e agora é de 190 mg/dl.

Para diminuir o colesterol ruim, pacientes de alto risco devem mudar o estilo de vida.

Diminuir gorduras saturadas e gorduras trans ajuda no tratamento e ainda praticar atividades físicas regulares.

Importante também a inclusão de fibras na alimentação e se é fumante parar de fumar.

Controlar o problema exige atenção e disciplina. Fazer exames rotineiros a cada três meses pelo menos.

Em casos mais graves, para chegar aos parâmetros, no entanto, os pacientes precisarão de medicamentos.

 

Veja também:

Colesterol Alto? O que fazer?

Ataque cardíaco

AVC - O que é?

Batatas para reduzir a pressão arterial

Colesterol não é a causa de doença cardíaca

Colesterol - Uma viagem dentro das artérias

Como combater o colesterol?

Entenda o maior risco de INFARTO ou AVC no inverno

Pressão Alta

Sopro cardíaco?

 

> Ver mais Saúde

 

Compartilhar